terça-feira, 7 de março de 2017



Teria passado a vida 
atormentado e sozinho 
se os sonhos me não viessem 
mostrar qual é o caminho 

umas vezes são de noite 
outras em pleno de sol 
com relâmpagos saltados 
ou vagar de caracol 

quem os manda não sei eu 
se o nada que é tudo à vida 
ou se eu os finjo a mim mesmo 
para ser sem que decida. 

Agostinho da Silva, in 'Poemas'

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017



se houvesse degraus na terra e tivesse anéis o céu,
eu subiria os degraus e aos anéis me prenderia.
no céu podia tecer uma nuvem toda negra.
e que nevasse, e chovesse, e houvesse luz nas
montanhas,

e à porta do meu amor o ouro se acumulasse. (...)

Herberto Helder

sábado, 17 de dezembro de 2016

Nas Asas do Desejo





                                      “É estranho, sem dúvida, não habitar mais a terra”:

                                                      Rainer Maria Rilke

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Em homenagem à minha Mãe.



Os que amei, onde estão? Idos, dispersos, 
arrastados no giro dos tufões, 
Levados, como em sonho, entre visões, 
Na fuga, no ruir dos universos...


(...)
Mas se paro um momento, se consigo 
Fechar os olhos, sinto-os a meu lado 
De novo, esses que amei vivem comigo,


(...)
Antero de Quental, in "Sonetos
(Auto-Retrato)