quinta-feira, 30 de março de 2017





(...)
A solidão cria o original, o belo ousado e estranho cria a poesia. mas cria também o distorcido, o desproporcionado, o absurdo e o proibido. (...)

'Morte em Veneza', Thomas Mann

terça-feira, 7 de março de 2017



Teria passado a vida 
atormentado e sozinho 
se os sonhos me não viessem 
mostrar qual é o caminho 

umas vezes são de noite 
outras em pleno de sol 
com relâmpagos saltados 
ou vagar de caracol 

quem os manda não sei eu 
se o nada que é tudo à vida 
ou se eu os finjo a mim mesmo 
para ser sem que decida. 

Agostinho da Silva, in 'Poemas'

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017



se houvesse degraus na terra e tivesse anéis o céu,
eu subiria os degraus e aos anéis me prenderia.
no céu podia tecer uma nuvem toda negra.
e que nevasse, e chovesse, e houvesse luz nas
montanhas,

e à porta do meu amor o ouro se acumulasse. (...)

Herberto Helder

sábado, 17 de dezembro de 2016

Nas Asas do Desejo





                                      “É estranho, sem dúvida, não habitar mais a terra”:

                                                      Rainer Maria Rilke